DEUS ODEIA O DIVÓRCIO

Vive o povo na infidelidade,
Uns aos outros seguem enganando,
Deus abertamente desprezando,
Praticando as mais vis sujidades.
Unem-se até em casamento
Com os que praticam idolatria,
E profanam o templo todo dia
Com os seus pedidos e lamentos.
Deus, agora, o povo não aceita,
Pois corrompem o templo que Ele ama;
E esta atitude só proclama
Que a aliança com Ele está desfeita.
Por que, me responda o que eu fiz?
E Deus lhe assegura, ora essa,
Você foi quem quebrou a promessa
E sua mulher não mais a quis.
Você agiu de modo tão cruel
Rejeitando a sua companheira,
Foi pra os braços de uma aventureira,
Foi com sua mulher um infiel
Eu sou Deus e o divórcio odeio;
Saibam que o casamento é sagrado;
Criem filhos a mim dedicados,
Tirem o adultério do seu meio.
Gilberto Celeti
“Pois o Senhor Todo-Poderoso de Israel diz: Eu odeio o divórcio; eu odeio o homem que faz uma coisa tão cruel assim. Portanto, tenham cuidado, e que ninguém seja infiel à sua mulher” (Malaquias 2.16).
Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s