1 – Ez 1.1-4

Quem dera agora se me abrisse os céus
E a semelhança de Ezequiel
Pudesse eu ter santas visões de Deus
Do Deus eterno, Deus que é fiel.

E que seria se expressamente
Viesse a mim Palavra do Senhor?
E eu tivesse sobre mim, somente
A Sua poderosa mão de amor?

Que sopre forte o tempestuoso vento
Que a grande nuvem e o fogo se revolva
Que o resplendor que flui neste momento

Com graça imensa todo me envolva
E haja só um nobre pensamento
O Santo Espírito, Ele só me mova.

Gilberto Celeti

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s