5 – Ez 1.26-28

Por cima daquele firmamento
Sobre a cabeça dos seres viventes
Observei, com estremecimento
Algo como um homem semelhante,

Que se assentava sobre um alto trono;
Belo como safira e majestoso,
E era o brilho deste soberano
Como se fosse fogo, tão glorioso.

Como falar daquele resplendor,
Do arco íris com raios coloridos,
Em cima, em baixo, em todo o redor?

Na visão, meu rosto em terra foi caído.
Era a aparência da glória do Senhor
E uma voz penetrou nos meus ouvidos.

Gilberto Celeti

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s