UNIDADE, SIM! UNIFORMIDADE, NÃO!

UNIDADE, SIM! UNIFORMIDADE, NÃO!

Eis os doze, cada um bem singular,
Grupo nada homogêneo, diferentes,
Nenhum deles se apresentou voluntário,
Foram por Cristo escolhidos, tão somente.

Bem distintas suas personalidades,
Uns falantes, outros calados demais,
Carismáticos, zelosos, negociantes,
Uns conservadores, outros liberais.

Doze pontos de vista, e reunidos,
Que fantástica era a diversidade,
Unidade em Cristo era do grupo a marca
Unidade, mas não uniformidade.

Não é isto mesmo que distingue a igreja?
Gente diferente que se torna irmão,
Não importa idade, sexo ou cultura,
Todos têm, em Cristo, comum salvação.

Quanta divisão tola e desnecessária
Por questões pequenas, tão irrelevantes;
Nosso impacto, então, na sociedade,
Torna-se, por isto, insignificante.

Que o Espírito de Cristo em nós se mova
Pra buscarmos, juntos, a compreensão,
Do amor de Deus, sublime e infinito,
Que dilata totalmente o coração.

E na comunhão com todos os remidos
Cheios de esperança, de amor, de fé,
Anunciaremos ao mundo perdido
Que a verdade do evangelho está de pé.

Há um novo povo sendo aqui formado,
Uma nova gente, uma nova raça,
Dos que arrependidos do seu vil pecado,
Encontram Deus que lhes dispensa Sua graça.

E assim como por Cristo foram aceitos,
E por Deus, completamente perdoados,
Olham pra seus companheiros no caminho
Como irmãos, tão diferentes, tão amados.

Uns aos outros se suportam, se encorajam,
Estimulam-se para andar em santidade,
Peregrinos que a Deus seguem adorando
Lutam juntos mantendo a unidade.

Oh! Senhor, não fomos nós que escolhemos,
Fazer parte do teu plano glorioso;
Que ocupemos nosso espaço, reverentes,
Que tenhamos, uns com os outros, grande gozo.

Gilberto Celeti

Convido agora você, a fazer esta oração:

“Por esta causa me ponho de joelhos diante do Pai, de quem toma o nome toda família,
tanto no céu como sobre a terra, para que,
segundo a riqueza da sua glória, vos conceda que sejais fortalecidos com poder,
mediante o seu Espírito no homem interior;
e, assim, habite Cristo no vosso coração, pela fé,
estando vós arraigados e alicerçados em amor,
a fim de poderdes compreender, com todos os santos,
qual é a largura, e o comprimento, e a altura, e a profundidade
e conhecer o amor de Cristo, que excede todo entendimento,
para que sejais tomados de toda a plenitude de Deus.
Ora, àquele que é poderoso para fazer infinitamente mais do que tudo quanto pedimos ou pensamos,
conforme o seu poder que opera em nós, a ele seja a glória,
na Igreja e em Cristo Jesus, por todas as gerações, para todo o sempre. Amém.”
(Efésios 3:14-21)

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s