ALÉM DO ESPAÇO SIDERAL

via lactea

Há na Via Láctea que é tão imensa,
No azul planeta que é chamado Terra,
Algo misterioso, o milagre da vida,
Muito exuberante e muito variada.
E somente ali, parece, foi surgida.

E o homem na sua curta existência,
Bem percebe que do pó deste planeta
Sua forma foi, de fato, construída,
E que para o pó retorna, finalmente,
Na hora da sua solene despedida.

E há homens cujos olhos não se elevam,
Bem pequeno é seu mundo e horizonte
Pensam, agem e ingressam na corrida,
Com o “aqui” e com o “agora”, preocupados,
E a eternidade não é percebida.

Mas quem olha as galáxias no espaço
Tão repletas de sois, luas e planetas,
Que em “anos luz” tem distâncias medidas,
Não alcançam com as mentes o infinito
Que se tornam totalmente aturdidas.

E só duas podem ser suas atitudes:
Afirmar que tudo é por puro acaso,
E que as coisas vão sendo evoluídas.
E então, perplexos e sem respostas,
De angústia têm suas mentes possuídas.

Outros veem em tudo a mão do Criador
Que habita a eternidade e é Soberano,
E que as coisas são por Ele conduzidas.
E confiando em Seu Filho Jesus Cristo,
Reencontram em Deus a sua eterna guarida.

Gilberto Celeti

“Os céus proclamam a glória de Deus, e o firmamento anuncia as obras das suas mãos” (Salmo 19:1). “Prepara-te… para te encontrares com o teu Deus…. Buscai ao Senhor e vivei… Procurai o que faz o Sete-Estrelo (Plêiades) e o Órion…” (Amós 4:12; 5:6,8)

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s