ENFRENTANDO AS PROCELAS

ENFRENTANDO AS PROCELAS

jesus-acalma-o-vento-e-o-mar_0

Quero me lançar agora
Nos braços potentes
do Grande Senhor.
Neste dia, cada hora,
Desfrutar somente
Teu precioso amor.

Quero ser por Ti guiado,
Deus da inalcançável
Sabedoria.
Sei que estás sempre ao meu lado,
Tens poder incalculável
E supremacia.

Como um barco vai singrando
Sobre as correntes
Do oceano,
Sigo firme, confiando
É melhor somente
Seguir Teu plano.

E então ajusto as velas
Para ser soprado
Pelo Espírito,
E enfrento as procelas
Ao Senhor atado
Deus Infinito.

Gilberto Celeti

“No entanto, estou sempre contigo, e tu me seguras pela mão” (Salmo 73.23)

Anúncios

NO VALE DE BACA

NO VALE DE BACA

caminhos 4

No vale de Baca, árido, de choro,
Peregrinos passam e deixam suas pegadas;
Seus lamentos se harmonizam em grande coro,
E suas mãos cavoucam poços nas estradas.

poço

Onde encontrar consolo e abrigo?
Onde encontrar a solução, a cura?
Onde encontrar um ombro amigo?
Onde achar um refrigério na secura?

E de modo surpreendente, inusitado,
Ficam os poços cheios de água, transbordando,
Com os rios de bênçãos, dos céus derramados,

banho-de-chuva 2

Que o poder e o amor de Deus vão demonstrando.
Muito bom é usar os meios, cavar poços,
Mas sucessos vêm de Deus, nunca são nossos!

Gilberto Celeti

Salmo 84:6:
Versão Brasileira: “Passando pelo vale de Baca, fazem dele um lugar de fontes; de bênçãos o cobre a primeira chuva”.
Versão Atualizada: “Passando pelo vale árido faz dele um manancial, de bênçãos o cobre a primeira chuva”.
Versão Corrigida: “Passando pelo vale de Baca, faz dele uma fonte: a chuva também enche os tanques”.
Linguagem de Hoje: “Quando eles passam pelo vale das Lágrimas, ele fica cheio de fontes de água, e as primeiras chuvas o cobrem de bênçãos”.