A INIMIZADE MAIS ANTIGA

A INIMIZADE MAIS ANTIGA

Nenhum texto alternativo automático disponível.

Neste mundo, desde a entrada do pecado,
No momento histórico chamado queda,
Deus deixou, bem claro, assim sentenciado
Que uma inimizade tal, qual labareda,
Haveria entre a semente do diabo
E a semente que viria da mulher.
Da mulher, um que ao mal daria cabo,
O Messias que viria pra vencer.

Na Sua vinda, Cristo tirou o pecado,
Sobre a morte se tornou vitorioso
E o poder de Satanás tendo quebrado,
Assentou-se no Seu trono glorioso.
Na Sua segunda vinda, finalmente,
O reino sem mal será inaugurado,
E com Cristo, todo salvo, todo crente,
Estará eternamente ao Seu lado.

Por enquanto aqui, podemos ser feridos,
Por aqueles que do mal são a semente,
E com nossos calcanhares doloridos,
Seguiremos sempre de Deus dependentes.
Neste dia, que agora se apresenta,
Tentações diversas nos sobrevirão;
E, se a fúria do inimigo, sempre aumenta,
Firme em Cristo, nunca nos derrubarão.

Gilberto Celeti

“E porei inimizade entre ti e a mulher, e entre a tua semente e a sua semente; esta te ferirá a cabeça, e tu lhe ferirás o calcanhar”. (Gênesis 3.15)

ENFRENTANDO AS PROCELAS

ENFRENTANDO AS PROCELAS

jesus-acalma-o-vento-e-o-mar_0

Quero me lançar agora
Nos braços potentes
do Grande Senhor.
Neste dia, cada hora,
Desfrutar somente
Teu precioso amor.

Quero ser por Ti guiado,
Deus da inalcançável
Sabedoria.
Sei que estás sempre ao meu lado,
Tens poder incalculável
E supremacia.

Como um barco vai singrando
Sobre as correntes
Do oceano,
Sigo firme, confiando
É melhor somente
Seguir Teu plano.

E então ajusto as velas
Para ser soprado
Pelo Espírito,
E enfrento as procelas
Ao Senhor atado
Deus Infinito.

Gilberto Celeti

“No entanto, estou sempre contigo, e tu me seguras pela mão” (Salmo 73.23)