AMOR À JUSTIÇA E ÓDIO AO PECADO

AMOR À JUSTIÇA E ÓDIO AO PECADO

slide_47

Por Deus foi Cristo ungido,
De modo desmedido,
Com o óleo da alegria,
Por sua axiologia:
Ao mal, ódio completo!
Ao bem, total afeto!
Na Sua mão o chicote
Foi como um holofote
Mostrando Sua ira
Com o erro e com a mentira;
Mas sua mão cravada,
Na cruz dependurada,
Mostrou amor tão terno
Que livra do inferno!

Quem tem em Cristo crido,
Por Ele foi remido;
É sua teologia
Estar em sintonia
Com Deus, que é santo e reto,
Do Espírito repleto,
E tem na vida um mote:
Permanecer bem forte
Mostrando sua ira
Com o erro e com a mentira,
Mas que na caminhada
Faz da verdade, amada!
Com todos é fraterno,
Servindo ao Deus eterno!

Gilberto Celeti

“Amaste a justiça e odiaste a iniquidade; por isso, Deus, o teu Deus, te ungiu com o óleo de alegria como a nenhum dos teus companheiros”. (Hebreus 1:9)

Anúncios

NOVA CONSCIÊNCIA

Os segredos serão todos desvendados,
Pelo Eterno Deus que é Juiz de todos.
Nada há que poderá ser ocultado,
Não há como usar com Deus de algum engodo.

Conhecendo quem é Deus nós o tememos,
Não um medo que assusta e que apavora,
Mas que faz com que o reverenciemos,
E busquemos agradá-lo a cada hora.

E queremos persuadir cada pessoa,
Pra que encontre, enquanto é tempo, a verdade,
Que é somente em Cristo que o Juiz perdoa,

E elimina a terrível iniquidade.
Ó Senhor, que haja no homem a experiência,
De ter Cristo e com Ele nova consciência!

Gilberto Celeti

“Porque importa que todos nós compareçamos perante o tribunal de Cristo, para que cada um receba segundo o bem ou o mal que tiver feito por meio do corpo” (2 Coríntios 5.10).