GUARDAR A PALAVRA TRAZ GRANDE RECOMPENSA

GUARDAR A PALAVRA TRAZ GRANDE RECOMPENSA
971332_373113179478821_1955758390_n
A Palavra de Deus quando respeitada,
E também quando estudada e amada,
Pouco a pouco, vai sendo compreendida;
Mas no instante em que é obedecida,
Torna-se mais preciosa que o ouro,
Para o crente é sempre o maior tesouro,
Alimento doce pra quem nela pensa,
Em obedecê-la há grande recompensa.

É a Palavra, qual espada afiada,
Que desnuda a alma e não esconde nada,
Pra que sejam os pecados revelados,
Nomeados, com tristeza, confessados,
Pra que o crente ande sempre humildemente,
Do Senhor inteiramente dependente,
Livre da insensatez da hipocrisia,
Livre da dura altivez da rebeldia.

Haveria, por acaso, recompensa,
Que pudesse ser melhor ou mais imensa,
Do que ficar com Jesus mais parecido?
Tendo em nós o Seu caráter refletido?
Pra que ações, motivações e reações,
No viver diário, em nossas relações,
Fosse então pra todo mundo demonstrado,
Que o Senhor o nosso ser tem transformado?

É a Palavra que conduz à adoração,
E que enche de louvor o coração.
A Palavra é que é nossa sabedoria,
Meditá-la é nossa maior alegria.
No pensar, e no falar, e no agir,
Venha Tua Palavra, ó Deus, nos conduzir,
E nos deixe ó Deus ter essa recompensa:
Sermos agradáveis na Tua presença!

Gilberto Celeti

“São mais desejáveis do que ouro, mais do que muito ouro depurado; e são mais doces do que o mel e o destilar dos favos. Além disso, por eles se admoesta o teu servo; em os guardar, há grande recompensa. Quem há que possa discernir as próprias faltas? Absolve-me das que me são ocultas. Também da soberba guarda o teu servo, que ela não me domine; então, serei irrepreensível e ficarei livre de grande transgressão. As palavras dos meus lábios e o meditar do meu coração sejam agradáveis na tua presença, Senhor, rocha minha e redentor meu!” (Salmo 19:10-14)

SOCORRO, SENHOR…

Imagem

SOCORRO, SENHOR!

Quando a perversidade é que impera,
Quando a vileza é sempre exaltada,
Quando o homem age feito besta fera,
Vai ficando a sociedade depravada.

Tudo isto bem se vê numa novela,
Onde a falsidade é sempre destacada,
E todos que se entretém com esta mazela,
Ficam com sua mente bem contaminada.

Ó Senhor, já não há homens piedosos,
Os fiéis se encontram desaparecidos,
Guarda-me de andar por trilhos tortuosos,
Quero ser, por tua Palavra, conduzido.

Tua Palavra é pura, é prata refinada,
Quero ouvi-la, e meus olhos do mal retiro,
Quero ter do mal minha alma preservada,
Grito por socorro, ó Deus, por ti suspiro!

Gilberto Celeti

Poema feito após a leitura do Salmo 12, de Davi.

Imagem