TRAZE A MIM TEU FILHO

TRAZE A MIM TEU FILHO

28

São os filhos, dons de Deus, tão preciosos;
Constituem-se uma rica e linda herança,
Mas nos deixam, muitas vezes, ansiosos:
“O que vai acontecer com minha criança?”

Pode vir a ser motivo de alegria
Ou então ser fonte de triste amargura;
Pode andar com o Senhor dia após dia
Tendo uma vida útil, justa e pura;

Mas também pode ficar sob a influência
Do inimigo que escraviza e faz sofrer.
Oh! Clamemos sempre a Deus com insistência
Pra que venham, cedo, a Cristo receber.

E se um filho ou filha em alguma circunstância
Deixar-nos perplexos, desesperados,
Que depressa sem nenhuma relutância
O entreguemos a Jesus a aos seus cuidados.

Certo pai estava desesperançado
Pois sofria o seu filho horrivelmente.
O maligno o mantinha acorrentado
E o pai sentia-se tão impotente.

Mas ouviu de Cristo a ordem muito clara:
“Traze a mim teu filho, traze-o mesmo agora!”
E o pai, obediente, tudo para,
E a Cristo entrega o filho, sem demora.

Foi então que viu, de forma surpreendente,
O agir de Deus no filho, tão glorioso,
E o seu filho livre, tão completamente,
Que encheu seu coração de eterno gozo.

Gilberto Celeti

“Trazei-me aqui o menino”. (Mateus 17:17)
“Trazei-mo”. (Marcos 9:19)
“Traze o teu filho”. (Lucas 9:41)

CORAGEM! SOU EU! NÃO TENHAM MEDO!

Jesus-cala-o-mar-e-os-ventos

Enfrentando a tempestade
Perigosa e violenta,
Quando a água o barco invade,
E a aflição aflora e aumenta.

Quando o desespero é forte
E se agiganta o medo
Quando tudo leva à morte
E não sei como procedo.

Eis que chega, de repente,
O Senhor absoluto,
Que traz paz e segurança.

Deus Eterno, Deus presente,
Da Sua graça eu desfruto,
Ele livra e dá esperança.

Gilberto Celeti

“Tende bom ânimo, sou eu, não temas” (Mateus 14.27).